Imagem capa - Recomeçando part 15 por Geraldo Neto
EUADicasEmpreendedorismoNotícias

Recomeçando part 15

Uma startup, de qualquer seguimento, precisa planejar suas ações e validar cada uma das hipóteses planejadas. Estamos fazendo exatamente isso em nossa empresa aqui nos EUA. 


Primeiro fizemos nosso MVP (mínimo produto viável) na linguagem de mercado com nossa área de Eventos de Negócios. Agora lançamos nosso segundo desafio, conseguir investimentos para uma startup brasileira. 


Dia 6 de junho foi a data escolhida para o DemoDay com nossos investidores, porém como muitos não conheciam o modelo de investimento anjo, optamos por abrir a reunião com uma palestra para compartilhar e nivelar o conhecimento sobre o assunto. Foi ótimo porque ficamos todos na mesma página!


Na sequência o CEO da empresa Alboom, Marcelo Moscato apresentou o deck da empresa, com todos os detalhes. Seguindo um rigoroso critério que avalio, partindo sempre do problema a ser resolvido à solução encontrada, passando pela transformação da solução em um produto, e modelo de negócio testado, validado e em fase de escala. Muito se aprendeu na empresa desde que iniciou sua operação e segue aprendendo na aquisição de clientes e fidelização. 


Momento da empresa de internacionalizar, razão pela qual foi escolhida para receber nosso interesse e análise. 


Foi um sucesso, os investidores aprovaram o estágio da empresa que mesmo num valuation de 20 milhões, a adesão foi garantida e round fechado. 


Em apenas 10 dias fechamos o term sheet entre os investidores e a empresa. Contrato serão executado após due diligence da empresa no Brasil. 


Acreditamos que essa empresa será um sucesso em poucos anos e vamos conseguir um excelente retorno aos investidores. 


Me anima muito ter feito esse trabalho e apoiar que essa competente empresa possa dar seu passo internacional. Claro que muita coisa vem pela frente, muitos desafios e vários tropeços, mas o importante é manter a resiliência e seguir forte com as metas, coisa que a empresa tem feito desde sua criação. 


Vamos fazer isso com muitas outras empresas e em breve pequenas empresas poderão ter esse canal mais aberto, para que possam testar e competir no mercado global. 


Bora ganhar a América!