Imagem capa - Empreender é minha vida  por Geraldo Neto
Startup EUAEmpreendedorismo

Empreender é minha vida

Minha história no GAA começou em julho de 2016, quando eu e minha família decidimos morar nos EUA, a princípio próximo a Miami cidade mais conhecida no Sul da Flórida. Pesquisando sobre escolas minha esposa encontrou Weston, uma pequena cidade a 40 minutos de Miami, que tinha as melhores escolas e com uma das melhores em qualidade de vida dos EUA. 

Resolvemos passaram 15 dias num hotel da cidade a fim de conhecer as escolas e visitar a cidade etc. Numa dessas visitas locais fomos ao Midtown um clube academia  muito bacana na cidade e ouvimos um brasileiros falando ao telefone, e assim que ele acabou a conversa, minha esposa me incentivou a falar com com ele, então me apresentei e começamos a conversar. Seu nome Marcelo Moscato, oriundo da SAP tinha deixado a empresa para empreender uma Startup chamada Alboom com seu irmão. 

Coincidência? 

Não tenho ideia, prefiro acreditar em energia!

Como eu era investidor anjo e diretor do Gávea Angels (grupo de investidores anjos mais antigo do Brasil) no Rio de Janeiro, parte da minha vida estava ligada a conhecer, analisar e investir em Startups.

Nossa conversa avançou por conta dessa sinergia e acabei apresentando o CEO de uma investida minha em 2015 chamada Stayfilm para que trocassem ideias, afinal ele também estava na area de artistas visuais com a sua Startup. 

Umas das coisas legais desse mundo são as conexões. 

Resultado dessa conversa fomos convidados para jantar com ele e sua família em sua casa. Tivemos uma excelente noite e fizemos o inicio de amizade nesse momento.

Retornamos ao Brasil alguns dias depois. Setembro do mesmo ano eu voltei aos EUA para ficar 3 meses, com a ideia de ver uma casa para morarmos, estudar o mercado e analisar oportunidades.

Nos reencontramos novamente em outubro quando ele me falou de um grupo criado no WhatsApp chamado GAA - Ganhando a America com umas 40 pessoas que um amigo seu chamado Steve Chen coordenava. O objetivo do grupo era Networking e auto-ajuda. 

Marcelo pediu que incluíssem meu nome no grupo e assim tive meu primeiro contato com o GAA. 

Em novembro fui convidado para participar da segunda reunião do grupo GAA e conheci pessoalmente o Steve. 

Retornarmos ao Brasil fim de novembro para concluirmos os documentos, vistos e encerramentos dos estudos das nossas filhas além de nos preparar para mudança definitiva. 

Finalmente nos mudamos para os EUA em janeiro de 2017 com toda a familia.

Início de fevereiro, Marcelo me convidou para uma mentoria com seu time do Brasil, junto com outros mentores. Steve Chen do GAA estava lá como ouvinte. 

Em março me encontrei casualmente com Steve no Town Center de Weston, e ele me disse surpreso ao me ver: "estava te mandando uma mensagem para marcar um café.". 

Fomos tomar um café no Grazianos, quando ele me convidou para ser sócio do GAA. Inicialmente o convite seria para mim e um amigo meu Fernando Campos que também participou da mentoria da Alboom e impressionou o Steve. 

Perguntei o que tinha em mente como negócio, porque até aquele momento era apenas o grupo do WhatsApp com pouco mais de 140 pessoas. Me comentou que queria montar um portal para Networking entre empresas e pessoas, fazer eventos de negócios etc. Eu não tinha nada haver com aquilo, mas em nossa conversa Steve me mostrou o potencial do grupo e eu vi uma possibilidade de montar um grupo de investimentos como tínhamos no Rio. Ele não entendia do negocio mas gostou da ideia e então decidimos montar a area de investimentos do GAA. 

Fernando Campos declinou por conta de outros compromissos e acabou que eu e Steve nos tornamos sócios. 

Fiz 100 mil dólares de investimento para montarmos um escritório que ficou super legal. 

Sabia que havia muitos riscos uma vez que mal conhecia Steve e muito menos as pessoas das quais ele havia me falado. mas eu sempre acredito no meu felling e sigo meus instintos mesmo sabendo dos riscos. Já errei muitas vezes mas acertei outras tantas que nunca deixo de seguir minha intuição. 

O trabalho começa por prospectar uma boa empresa com um bom time e sinergia para que pudéssemos modelar o negócio. 

Convenci depois de muitas conversas o Marcelo Moscato que ele deveria aceitar sócios investidores na Alboom, que seria um divisor de água para sua empresa etc. Não foi fácil porque ele entendia que não precisaria de “gente de fora” e que poderiam seguir crescendo com a geração de caixa da própria empresa. Mas, depois de umas semanas ele voltou e me disse que concordava sim, que fazia sentido para empresa receber investimentos. 

Nesse momento então conseguimos desenhar o modelo de negócio e preparar o primeiro Demo Day para que Alboom se apresentasse para um grupo de pessoas que poderiam investir em sua empresa, se sentissem confiança no modelo de negócio e no líder. Ajudei ao Marcelo na organização do Deck e Steve que era bem conectado começou a convidar as pessoas que ele conhecia para o primeiro DemoDay do GAA Investments. 

Foram pouco mais de 12 pessoas de vários setores que nunca haviam investido em Startup. Eu abri com uma apresentação inicial explicando o que era investimento anjo, falei sobre o modelo de investimento e contei minha história como investidor e os riscos desse tipo de negócio, depois passei a palavra ao Marcelo.

Resultado desse evento foi que fizemos nosso primeiro investimento de 2 milhões de reais por uma participação na empresa Alboom em junho de 2017. 

Naquele momento a Alboom tinha um faturamento de previsto de 1.2 milhões de reais para 2017, com 3300 clientes pagantes somente no Brasil. 

Desde então fizemos mais 10 investimentos entre Brasil, EUA e Europa.  As empresas juntas estão avaliadas em mais de 350 milhões de dólares em 2019, gerando mais de 300 empregos diretos e seguem crescendo forte.

Falando de Alboom nossa primeira investida em julho de 2017,  vem crescendo forte e conta com mais de 60 mil clientes em mais de 40 países, dos quais mais de 11 mil são pagantes e outra parte freemium, com um faturamento acima de 6 milhões de reais e mais de 30 funcionários. 

Este ano de 2019, vamos terminar com forte crescimento na nossa empresa e grandes realizações. Temos 3 companhias do nosso portifólio negociando Série A, premiando um bom trabalho realizado e principalmente trazendo um excelente resultado valorizando o portfolio  dos nossos investidores. 

Em pouco mais de 2 anos construímos um grupo de investidores qualificados nos EUA, Europa e Brasil. Iniciamos nosso escritório em Madri com outros dois sócios. 

GAA Investments vem construindo uma boa reputação e uma surpreendente apreciação do portfolio investido. 

Hoje somos 6 sócios nos EUA e 2 na Europa com mais de 100 accredit Investors, dos quais mais 55 deles já investiram em uma ou mais empresas, construindo assim seu portfolio pessoal que faz parte da nossa orientação. 

Queremos que cada um dos investidores construa seu portfolio, diluindo seu risco e aumentando potencial de múltiplo que buscamos em nossa tese de investimentos. 

Meu plano? 

Seguir crescendo junto com esse grupo de investidores sensacionais que acreditaram no trabalho. 

Incrível que tudo começou com um sonho e hoje todos sonhamos juntos. Queremos apoiar centenas de startups a criarem riqueza construindo produtos e soluções para melhorar a vida das pessoas nesse mundo em que vivemos, e claro lucrar muito com isso.