23/05/2017 às 15:07 Dicas

Começar novamente part 3

457
2min de leitura

Mudar-se sozinho é uma coisa, mas em família é um ET bem diferente. Algumas pessoas têm me perguntado o modelo de visto que estou indo, então lá vai!

Estudei a melhor forma de irmos em família, para que pudéssemos estar seguros e também pudéssemos trabalhar. 

Acabei contratando uma assessoria local em Orlando, para fazermos o processo legal da melhor forma possível. Quem deseja fazer o mesmo sugiro procurar uma empresa idônea como eu fiz. Posso indicar se quiserem. 

O modelo que melhor nos atendia foi o visto L1A. Esse modelo de visto funciona bem para quem tem empresa no Brasil. Uma espécie de filial da empresa nos EUA. Esse modelo de visto é conhecido como fácil de fazer e difícil de manter, e por quê?

Após 1 ano terei que atender a vários requisitos. A coisa funciona assim: Se conseguir atender a todos os requisitos, renova-se por mais 3 anos. Caso contrário, se for negado, recebe-se um convite para deixar o país em 30 dias. 

No momento estamos montando toda documentação para à aplicação. 

Um Business Plan específico da empresa americana para ser apresentado ao governo está em produção. Todos o requisitos normais de um BP e alguns itens específicos. Para isso também contratei um especialista. Um BP bem feito ajuda a modelar o negócio, definindo metas etc. 

A minha filial americana irá atuar como licenciada de uma outra companhia, juntamente com os serviços que já estamos acostumados a fazer. Esse modelo definido será relevante para atender aos requisitos, viabilizando a implementação dos negócios e lucros. 

O visto L1A atende toda a minha família. 

Estou ansioso para começar a entender as dificuldades e possibilidades na operação da empresa em si. Adoro esse sentimento do novo, do diferente.

Algumas boas surpresas desse início foram o apoio que tive dos parceiros americanos e de conseguir abrir a empresa em apenas 8 dias, com todos os registros. 

Para quem sempre conviveu com prazos de 2 a 6 meses para conseguir abrir uma empresa no Brasil eu fiquei bem feliz. 

Minha agenda de tarefas não acaba nunca. Tenho que fazer ainda o registo da marca, site, alugar casa, local para empresa, contratar funcionários, compra de móveis e equipamentos para empresa etc etc etc. 

Estou muito empolgado com as possibilidade. Assim que evoluirmos uma pouco mais, postarei aqui. 

23 Mai 2017

Começar novamente part 3

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Quem viu também curtiu

12 de Mai de 2021

Um mundo de oportunidades

30 de Out de 2017

Recomeçando parte 18

05 de Ago de 2018

Copo meio cheio